Pages

terça-feira, 3 de abril de 2012

Epilepsia não é demônio....

Gardenal é um dos remédios usados no controle de epilepsia.

O que é Epilepsia?

Epilepsia (do grego antigo ἐπιληψία (Epilepsia) - "apreensão") é um conjunto comum e diversificado de desordens crônicas neurológicas caracterizada por convulsão.Algumas definições de epilepsia dizem que as convulsões podem ser recorrentes, mas outras afirmam apenas um único ataque combinado com alterações cerebrais que aumentam a chance de crises futuras.

Cerca de 50 milhões de pessoas no mundo sofrem de epilepsia, e quase 90% delas ocorrem em países em desenvolvimento. A epilepsia se torna mais comum com a idade. O início de novos casos ocorrem mais frequentemente em crianças e idosos. Como consequência de uma cirurgia cerebral, crises epilépticas podem ocorrer em pacientes em recuperação.

A epilepsia é geralmente controlada, mas não curada com a medicação. Contudo, mais de 30% das pessoas com epilepsia não têm o controle das crises mesmo com os melhores medicamentos disponíveis. Cirurgia pode ser considerada em casos difíceis.Não deve ser entendida como uma doença única.



O que provoca a Epilepsia?


Existem várias causas para a epilepsia, pois muitos fatores podem lesar os neurônios (células nervosas) ou o modo como estes se comunicam entre si. Os mais frequentes são: traumatismos cranianos, provocando cicatrizes cerebrais; traumatismos de parto; certas drogas ou tóxicos; interrupção do fluxo sanguíneo cerebral causado por acidente vascular cerebral ou problemas cardiovasculares; doenças infecciosas ou tumores.

Podem ser encontradas lesões no cérebro através de exames de imagem, como a tomografia computadorizada, mas normalmente tais lesões não são encontradas. O eletroencefalograma pode ajudar, mas idealmente deve ser feito durante a crise. Existe uma discussão sobre a "personalidade epiléptica" no sistema legal, mas de um modo geral o epiléptico não deve ser considerado inimputável.

Quando se identifica uma causa que provoque a epilepsia, esta é designada por "sintomática", quer dizer, a epilepsia é apenas o sintoma pelo qual a doença subjacente se manifestou; em 65% dos casos não se consegue detectar nenhuma causa - é a chamada epilepsia "idiopática".

Emprega-se o termo epilepsia "criptogênica" quando se suspeita da existência de uma causa, mas não se consegue detectar a mesma.

Alguns fatores que podem desencadear crises epilépticas:
Mudanças súbitas da intensidade luminosa ou luzes a piscar (algumas pessoas têm ataques quando veem televisão, jogam no computador ou frequentam discotecas)
Privação de sono
Ingestão alcoólica
Febre
Ansiedade
Cansaço
Algumas drogas e medicamentos
Verminoses (como a neurocisticercose)
Mudanças de temperatura corporal
Nervosismo
e outros
Fonte: Wikipedia
-------------------------
Nosso comentário:

Você deve estar se perguntando: "que raios tem haver epilepsia com apologética?"
Eu respondo: "Nada haver com apologética, mas tudo haver com esse apologista que vos escreve"(risos).
Estou escrevendo essa matéria com um único objetivo: Desmentir algumas coisas que a sociedade impôs sobre a Epilepsia.
Pois fui recusado num processo de seleção de uma vaga de emprego, pelo simples fato de ser portador de epilepsia.
Epilepsia é uma doença contagiosa:
MENTIRA, a epilepsia não é algo contagioso.
O mito diz que se uma pessoa entrar em contato com a baba que o epilético emite durante a crise, aquela pessoa também se tornará epilética.
Quanta ignorância....

Epilepsia é algo que é causado devido a uma lesão cerebral.
Epilepsia é fruto de possessão demoníaca:Outra mentira.

Alguns "teólogos" usam do texto do "Menino Lunático", que está registrado em Marcos 9: 14-29, para dizer que TODOS os epiléticos sofrem de possessão demoníaca.
Claro que pode haver casos onde um demônio se manifeste com o sintoma de epilepsia, algo que fica bem claro no texto.

Eu sou livre em Cristo, e sou portador de epilepsia, isso quer dizer o que?

A morte e ressureição de Cristo não foi eficaz?
Eu não sou cristão?

Claro que as alternativas acima estão erradas,o que ocorre é que a epilepsia é uma doença como qualquer outra, só que ela pode ser facilmente confundida com manifestação demoníaca.
Pelo fato da sociedade e "teólogos" acharem pêlo em ovo, os epiléticos sofrem...

Como ajudar um portador de epilepsia durante uma crise?
Veja esse vídeo inteiro e você terá uma visão completamente diferente dessa doença.




Uma coisa que acho engraçada é o fato do preconceito contra os epiléticos, no que tange trabalho, dirigir, e coisas similares...

Mas não existe NENHUM preconceito, quando a Receita Federal me manda uma carta avisando o prazo da declaração do imposto de Renda, se eu não pago a internet, domínio, água, luz, não tenho nenhum previlégio, pois minha doença não me incapacita para isso. Ela só me incapacita de arranjar um emprego e receber meu salário dignamente.

Contudo, glorifico a Deus por ser epilético e ser saúdavel.
Você deve estar querendo me questionar: "hâ, que contradição é essa Wanderson? doente e saúdavel ao mesmo tempo?"
Queridos, graças a Deus, as MINHAS crises são muito raras, diferente de algumas pessoas que conheço que chegam a ter de 4 à 8 crises em UM dia.

Sou casado com a Alyne Felicio de Lima, sou apologista, músico, ministro do evangelho, blogueiro e a epilepsia em nada me atrapalha.

Só quero desmentir só mais uma coisa: Gardenal não é remédio para louco, é remédio para controlar crises convulsivas.
EU não me importo com esse tipo de brincadeira, mas com certeza muitas pessoas se importam, principalmente aquelas que estão no ínicio do tratamento.
Exemplo de piada que liga gardenal à loucura.
Um mito espalhado por muitos.

Graça e Paz,
Wanderson Felicio de Lima
(Editor-chefe do Blog)

3 comentários:

Anônimo disse...

muito bom wanderson. Gloria a deus.

Claudia Curvelo disse...

Muito bom seu texto! Glória a Deus pela sua vida. Maio desse ano descobri que sou portadora da epilepsia,porém a que tenho não é muito comum pois fico horas tendo crise e fico consciente, ( que aumenta mais o meu desespero na hora que a crise surge,rs) .Fiquei 16 dias internada pois em 1 único dia tive 4 crises ,uma delas um dia durou mais de 7h... Mais em fim ontem fez 4 meses que estou sem crise,tento levar minha vida normal, trabalhando,cuidando da minha casa... Quando descobrir que sou portadora da epilepsia e fui compartilhar com alguns irmão em Cristo,falaram a mesmo coisa que foi relatada no seu texto,insinuando que poderia esta endemoniada ,pelo amor de Deus neh...muita ignorância!!! Fique na Paz!

Anônimo disse...

Glória a Deus Wanderson pela sua vida muita pessoa acham q a epilepsia é um demónio quanta ignorância.Como pode uma pessoa está em Cristo Jesus e ter um demónio,a BÍblia diz num corpo não pode habitar dois espírito,como pode uma pessoa ter o Espírito Santo d Deus e ao mesmo tempo ter um demónio(MT 12:22-32),precisamos conhecer mas a palavra d Deus pq eu sei q o meu corpo é templo e morada do Espírito Santo (1Co 3:16).

Postar um comentário

Top 100 Religião